Sistema de medição da fotossíntese & respiração em fase líquida – Oxytherm

A unidade de controle por eletrodo de oxigênio, Oxytherm, é projetada para fornecer o controle por PC do consumo de oxigênio ou evolução nas medições através de uma ampla gama de aplicações de estudos de respiração mitocondrial e celular até pesquisas com fotossíntese com medições em suspensões de cloroplastos isolados.
Especificações Técnicas:
Oxytherm  – Unidade de Controle de Eletrodos (modelo OXYT1)
Extensão da Medição:: 0 a 40% oxigênio
Resolução Mínima de O2: 10 x 10-6 μmols/ml a 20 °C
Agitador Magnético: 150 a 900 rpm
Polarização de Voltagem: 700 mV
Ganho: até x50 (resolução de 10 bit)
Back off: resolução de 12 bit
Resistor Integral de Teste: SIM
Taxa de Aquisição: 0,2 a 10 leituras/s
Entrada de Sinais: Eletrodo de disco, entrada auxiliar
Comunicações: RS 232 Bidirecional. USB via adaptador HAN/USB (fornecido)
Dimensões (L x d x A): 250 x 126 x 136mm
Peso: 1,27Kg
Fornecimento de Energia: principal fornecimento por entrada universal 95 a 260V. Saída de 12V DC 2,5A
Câmara do Eletrodo Peltier
Extensão da Temperatura: 3 a 40°C (25°C ambiente)
Tempo de Resposta: <10 min, precisão: +/- 0.5°C
Volume da Amostra: 0,2-2,5ml
Portas Óticas: porta para a fibra ótica do fluorômetro FMS, janela frontal para visualização
Dimensões: 132 x 100 x 90mm
Eletrodo de Disco para oxigênio (modelo S1/MINI)
Tipo do Eletrodo: sensor de oxigênio polarográfico tipo Clark
Saída do Eletrodo: 1μA a 21% O2
Corrente Residual: tipicamente 0,02μA em 0% O2
Tempo de Resposta: 10 a 90% tipicamente < 5s
Consumo de Oxigênio: Tipicamente <0,015μmol h-1