Labcontrol

Hansatech

Analisador multifuncional de eficiência de plantas – M-PEA2

O analisador multifuncional de eficiência de plantas M-PEA (Multi-Function Plant Efficiency Analyser) combina alta qualidade da fluorescência de cinética rápida e estudos de absorbância do P700+ com o inovador medidor de Fluorescência Atrasada (DF – Delayed Fluorescence) o que resulta em um dos sistemas mais abrangentes para pesquisas em eficiência de fotossíntese de plantas disponível.
Especificações Técnicas:
Eletrônica da Unidade de Controle do M-PEA: 1 x microcontrolador de alta performance de  16 bit, 1 x controlador flash de 8 bit aprimorado, Dois canais: 1 x modulado, 1 x não modulado, resolução de 16bits; taxa de aquisição de dados de A/D 10μs; fonte de luz D/A dupla de 16 bit, controlador.
Memoria: memória interna de 32 Mb de armazenamento
Display: LCD de 4 linhas x 20 caracteres
Gravação: Duração 0,001 – 300 segundos (repetibilidade de até 100 x por protocolo)
Comunicações: USB2.0 velocidade total (12 Mb/s)
Energia: 12V @ 1A DC
Condições de Operação: 0 a 40°C
Dimensões: 230 (L) x 190 (D) x 85mm (A)
Peso: 1,4kg
Unidade Ótica do Sensor M-PEA-2
Iluminação:
• Fonte Actínica: LED ultra brilhante concentrado com filtro de corte de passagem curta NIR. Dominante λ 625nm. Meia largura espectral de 20nm. Intensidade máxima de 5.000 μmols m-2 s-1. Vermelho distante: LED ultra brilhante concentrado com filtro de longa passagem. Intensidade máxima > 1.000 μmols m-2 s-1; P700+: pulso modulado por LED 820nm, filtrado opticamente.  Intensidade de 0 a 100% em 1% dos passos
• Detectores: PF: pouco ruído, fotodiodo PIN de resposta rápida com largura de 730nm (± 15nm) filtro de passagem de banda. P700+: baixo ruído, fotodiodo PIN de resposta rápida com filtro de passagem de banda
• DF (Fluorescência Atrasada): largura de banda de alta sensibilidade com fotodiodo avalanche de filtro de passagem de banda de 730nm (± 15nm)
• Absorção da Folha: baixo ruído, fotodiodo PIN de resposta rápida

Analisador portátil de fluorescência da clorofila – Pocket-PEA

O fluorômetro Pocket-PEA é adequado para aulas, pesquisa e uma vasta variedade de aplicações comerciais. O projeto robusto porém compacto permite operação com facilidade e confiabilidade. As amostras são convenientemente adaptadas ao escuro utilizando-se os clips foliares fornecidos.
Especificações Técnicas:
Dimensões: 175 (C) x 75 (L) x 35 mm (d)
Peso: 250g
Comunicação: Bluetooth wireless
Condições de Operação: 0 a 40°C. Umidade, não condensado
Bateria: polímero de lítio de 3,7V; 570 mAhr (0% chumbo, cadmio mercúrio)
Carregador de Bateria: Integral switch mode charger 8-13.5V input (nominal 12 v input)
Display: tela LCD de 2 linhas x 12 caracteres
Iluminação:
Estabilizada opticamente, concentrada, LED vermelho ultra brilhante com filtro de corte de passagem curta para NIR. Pico de comprimento de onda de 627nm
Intensidade Máxima: até 3.500 μmol m-2 s-1
Detector na Superfície da Folha: fotodiodo PIN de resposta rápida com filtro de passagem longa RG9
Eletrônicos:
Microcontrolador de 16bit de alto desempenho; resolução de 16 bit A/D com taxa de aquisição de 10 μs, 8 bit DAC para controle de fonte de luz, relógio com tempo real
Comprimento de Gravação: 1, 3 ou 10 segundos
Memória: 512Kbits memória não volátil. Suficiente para 200 medições, 10 segundos de duração de gravação com rastreamento dos dados completos.

Fluorômetro modulado de clorofila portátil – FMS2

O FMS2 é um fluorômetro modulado de clorofila portátil, de campo, e consiste em um gabinete com os eletrônicos, óticos e fontes de luz necessários para os parâmetros mais comuns da clorofila. Esses elementos são oticamente conectados à amostra por um cabo de fibra ótica o qual é posicionado a uma distância regulável da folha quando inserido no clipe foliar (FMS/PTL/PAR/temperatura).  É possível inserir o cabo de fibra ótica em uma série de recipientes de amostras tais como eletrodos de oxigênio, câmaras de análise de gás, placas de petri e placas de microtitulação.
Especificações Técnicas:
Dimensões: 180mm (C) x 100mm (D) x 100mm (A)
Peso: 2,0 kg incluindo a bateria
Fontes de Luz:
• Raio de Modulação: compensado para temperatura em LED âmbar de 594nm com controle de frequência em 4 passos (Opcional em LED azul de 470nm)
• Fonte Halógena: actínica até 3.000 μmol m-2 s-1, saturação até 20.000 μmol m-2 s-1
• Vermelho Distante: LED de 735nm
• Detector: fotodiodo PIN com filtro >700 nm
• Método de detecção: rastreio do pulso de pico rápido
• Taxa de Amostragem: variável de 10 Hz a 20 kHz (depende do modo do instrumento)
Eletrônicos:
• Microprocessador 165 de 16 bit, 8 canais A/D com resolução de 12 bit, 4 linhas digitais externas I/O, DAC  único, tampão (buffered) de 12 bit (0 a 4095 mV)
• Capacidade de Armazenamento: 256 Kb protegido por um armazenamento RAM até 2.430 completo ou 12.850 somente com os dados do parâmetro Fv/Fm
• Interface do Usuário: display 20 x 4 LCD, com teclado de 4 botões
• Display: 8 linhas x 20 caracteres LCD
• Fornecimento de Energia: 5 x baterias ácidas de chumbo e de 2,0 Ah, 95 a 260 V entrada universal fornecida
• Clipe Foliar: clipe PAR/temperatura com correção de cosseno para o sensor PAR (0 a 20.000 μmol m-2 s-1) e termopar (-10 a 90 °C). Botão de acionamento remoto e tripé para montagem. 10 x clipes para aclimatação no escuro com adaptador para fibra ótica

Medidor de teor de clorofila – Clorofilômetro CL-01

O CL-01, medidor de teor de clorofila, fornece um método de medição do teor relativo de clorofila de uma amostra foliar conveniente e de baixo custo.
A medição do teor de clorofila fornece um indicador da atividade fotossintética relativa à concentração de nitrogênio da amostra. Isto é particularmente significativo nos programas de crescimento de plantas onde os efeitos da adição de nitrogênio a uma cultura podem ser monitorados de perto.
Especificações Técnicas:
Dimensões: 230 (C) x 91 (L) x 45mm (A)
Peso: 250g
Interface do Usuário: teclado de 2 botões, tela LCD de 2 linhas x 16 caracteres
Eletrônicos: microcontrolador de 8 bit
Bateria: (0% chumbo, cadmio, mercúrio), polímero de lítio 3,7V, 570mA/h
Carregador de Bateria: carregador de bateria com modo interruptor integral. Entrada de 8 a 13,5V (entrada nominal 12V)
Vida Útil da Bateria: 75 horas de uso contínuo
Fonte de Luz: 2 x LED’s (620 e 940nm)
Detector: fotodiodo PIN de silício de alta sensibilidade
Memória: capacidade de 60 medições

Sistema de medição da fotossíntese & respiração em fase líquida – Oxygraph Plus

A unidade de controle por eletrodo de oxigênio, Oxygraph, é projetada para fornecer o controle por PC do consumo de oxigênio ou evolução nas medições através de uma ampla gama de aplicações de estudos de respiração mitocondrial e celular até pesquisas com fotossíntese com medições em suspensões de cloroplastos isolados. Ideal para amostras líquidas & em fase gasosa em concentração de 0 a 100% de oxigênio.
Especificações Técnicas:
Unidade de controle Oxygraph Plus
Faixa de Medição de Oxigênio: 0 a 100%
Faixa de Medição de pH: 0 a 14pH
Faixa de Medição auxiliar: 0 a 4,096V
Sinal de Entrada: Eletrodo de oxigênio (SMB); pH/ISE (BNC); auxiliar (Mini Din de 8 pinos)
Resolução para oxigênio: 0,0003% (24 bit)
Resolução para pH: 0,0006pH (16 bit)
Resolução para oxigênio: 62,5 μV/bit (16 bit)
Polarização de Voltagem: +/-700 mV
Sensibilidade da Entrada: 0 a 9.000nA
Agitador Magnético: controlado via software entre 150 e 900 rpm em passos em %
Taxa de Amostragem: 0,1 a 10 leituras/s
Eletrônicos:
Microcontrolador: CPU de alto desempenho de 16bit a 32 MHz. ADC: duplo, de baixo consumo, Sigma Delta de 16/24 bit
Comunicação: USB2.0
Saída Analógica: 0 a 4,5V sinal de O2
Dimensões: 60 x 203 x 111mm
Peso: 0,45kg
Energia: 12V DC @ 100mA; 90VAC a 246VAC @ 1A
Câmara do Eletrodo de Oxigênio (modelo DW1/AD)
Aplicação: fase líquida da respiração/fotossíntese
Material: acrílico transparente moldado
Câmara de Amostragem: tubo de borosilicato com orifício de precisão
Volume da Amostra: 0,2 a 2,5ml
Controle de Temperatura: camisa-de-água conectado ao banho d’água com circulação termorregulada
Dimensões (DA): 65 x 105mm
Peso: 100g
Êmbolo: montagem do Êmbolo variável com orifício central para adicionar amostras
Eletrodo de Disco (modelo S1)
Tipo do Eletrodo: sensor de oxigênio polarográfico tipo Clark
Saída do Eletrodo: 1μA a 21% O2
Corrente Residual: tipicamente 0,02μA em 0% O2
Tempo de Resposta: 10 a 90% tipicamente < 5s
Consumo de Oxigênio: Tipicamente <0,015μmol h-1

Sistema de medição da fotossíntese & respiração em fase líquida – Oxytherm

A unidade de controle por eletrodo de oxigênio, Oxytherm, é projetada para fornecer o controle por PC do consumo de oxigênio ou evolução nas medições através de uma ampla gama de aplicações de estudos de respiração mitocondrial e celular até pesquisas com fotossíntese com medições em suspensões de cloroplastos isolados.
Especificações Técnicas:
Oxytherm  – Unidade de Controle de Eletrodos (modelo OXYT1)
Extensão da Medição:: 0 a 40% oxigênio
Resolução Mínima de O2: 10 x 10-6 μmols/ml a 20 °C
Agitador Magnético: 150 a 900 rpm
Polarização de Voltagem: 700 mV
Ganho: até x50 (resolução de 10 bit)
Back off: resolução de 12 bit
Resistor Integral de Teste: SIM
Taxa de Aquisição: 0,2 a 10 leituras/s
Entrada de Sinais: Eletrodo de disco, entrada auxiliar
Comunicações: RS 232 Bidirecional. USB via adaptador HAN/USB (fornecido)
Dimensões (L x d x A): 250 x 126 x 136mm
Peso: 1,27Kg
Fornecimento de Energia: principal fornecimento por entrada universal 95 a 260V. Saída de 12V DC 2,5A
Câmara do Eletrodo Peltier
Extensão da Temperatura: 3 a 40°C (25°C ambiente)
Tempo de Resposta: <10 min, precisão: +/- 0.5°C
Volume da Amostra: 0,2-2,5ml
Portas Óticas: porta para a fibra ótica do fluorômetro FMS, janela frontal para visualização
Dimensões: 132 x 100 x 90mm
Eletrodo de Disco para oxigênio (modelo S1/MINI)
Tipo do Eletrodo: sensor de oxigênio polarográfico tipo Clark
Saída do Eletrodo: 1μA a 21% O2
Corrente Residual: tipicamente 0,02μA em 0% O2
Tempo de Resposta: 10 a 90% tipicamente < 5s
Consumo de Oxigênio: Tipicamente <0,015μmol h-1